Gratificação UPA Zona Norte: Câmara derruba veto de Pupin

Na sessão ordinária de ontem (2), a Câmara Municipal derrubou, por 13 votos a 1, o veto do prefeito Roberto Pupin (PP) ao projeto de lei que institui a gratificação por pontualidade e assiduidade (GPA) a todos os servidores(as) dos pronto-atendimentos e demais serviços 24 horas. Com isso, a Câmara deve promulgar a lei.

De autoria da vereador Carmem Inocente (PP), o projeto beneficia cerca de 200 servidores lotados na UPA Zona Norte. Eles não recebiam a gratificação, apesar de trabalhadores(as) da UPA Zona Sul e do Hospital Municipal já receberem o benefício pelo mesmo serviço prestado.

“A lei respeita o princípio da isonomia. Não é certo que funcionários que ocupam funções semelhantes recebem benefícios diferenciados”, explicou a vice-presidenta do SISMMAR, Solange Marega, em entrevista a O Diário. O jornal repercutiu o veto na edição impressa desta quarta-feira (3).

A GPA para os servidores(as) da UPA Zona Norte é uma luta de anos. Agora, o SISMMAR espera que a nova lei seja colocada em exercício pelo prefeito Pupin. A administração municipal antecipou à imprensa que respeitará a decisão da Câmara. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*