Paralisação dos engenheiros tem adesão de 90%

Paralisação com direito a
enterro simbólico, diante
do Paço Municipal

A paralisação de engenheiros, arquitetos e agrimensores da Prefeitura de Maringá, realizada nesta sexta-feira (12), conta com adesão de 90% dos 54 trabalhadores do setor. Apenas servidores com função gratificada (FG) não aderiram.

Leia mais sobre o dia de paralisação.

A segunda paralisação enfrentada por Pupin esta semana – a outra foi a greve do Samu, que durou 54 horas –, tem entrega de panfletos à população e apitaço. Por volta das 9 horas, vestidos de preto, engenheiros, arquitetos e agrimensores fizeram um enterro simbólico, dando as mãos ao redor de um caixão disposto poucos metros da entrada principal do Paço Municipal. Alguns dos servidores usaram capacetes de obras e nariz de palhaço.

Às 10 horas, o ato foi repetido próximo à entrada do Auditório Hélio Moreira, onde acontecia um evento da Saúde. Um funcionário em cargo comissionado tentou impedir o apitaço, mas recuou diante da indignação da categoria. O SISMMAR espera que Pupin se disponha a discutir as reivindicações da categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*