Contrariando acordo firmado no TST, Pupin se recusa a negociar Trimestralidade

Já se passaram quase dois meses desde da audiência, realizada em 12 de junho, em que a administração municipal se comprometeu a se reunir com o SISMMAR para negociar o pagamento da Trimestralidade. Desde então, o sindicato tem insistido numa agenda para essa reunião, sem sucesso.

Veja o que já foi publicado sobre Trimestralidade

Ao ignorar as tentativas do SISMMAR em estabelecer diálogo, o prefeito Roberto Pupin (PP) desrespeita os servidores municipais e faz pouco caso do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Isso porque o acordo de receber o SISMMAR foi firmado diante do presidente do TST, Carlos Alberto Reis de Paula.

“Ficou a acordado que as partes [administração e sindicato] vão se reunir na Prefeitura Municipal para dar prosseguimento aos entendimentos, visando a uma composição”, consta da ata assinada pelas partes.

E aí Pupin, vai deixar pra última hora? Trimestralidade não é assunto sério? Abaixo, segue a ata da última audiência no TST.
.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*