FGs: solenidade de posse exclui uma das servidoras eleitas

Dos dez servidores de carreira eleitos por voto direto para funções gratificadas (FGs) da Câmara Municipal, apenas Regina Inocente não foi empossada na sessão desta quinta-feira (1º). Parente da vereadora Carmem Inocente (PP), Regina foi eleita com 41 votos (de um total de 70) para Coordenação da Divisão de Administração e Recursos Humanos.

O presidente da Câmara Municipal, Ulisses Maia (PP), não deu posse a Regina sob a alegação de que pode haver nepotismo. Fato que o SISMMAR contesta.

Durante as inscrições para o pleito, a candidatura de Regina foi aprovada pelo jurídico do SISMMAR, que avaliou não haver nepotismo. Logo, o sindicato entende que a servidora deveria ter sido empossada juntamente com os demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*