Lideranças se posicionam contra o PL 4330

Nesta segunda-feira, 16, em audiência pública no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná, (Alep) lideranças das centrais sindicais, autoridades jurídicas e representantes da sociedade civil organizada demonstram sua insatisfação ao Projeto de Lei 4.330/2004. O PL é de autoria do deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), e amplia a cobertura a serviços terceirizados em empresas públicas e privadas.

Precariedade do trabalho, riscos à segurança, saúde e vida dos trabalhadores (as), fim do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e custos sociais como a ampliação do pagamento de seguro desemprego, atentado à representação sindical entre outros, demonstram, efetivamente, o retrocesso que este projeto de lei pode causar no Brasil.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Casa, deputado estadual Tadeu Veneri (PT) apresentou durante a audiência, moção de repúdio ao Projeto de Lei, que aprovado em plenário será encaminhado ao Congresso Nacional.

A Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais Cutistas do Paraná (Fessmuc), também esteve presente neste ato. Representando a presidente da FESSMUC Cibele Campos, o vice-presidente Valter André apoiou a moção em nome de todos os servidores públicos municipais e do SISMMAR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*