Greve dos professores do Rio de Janeiro

Ontem a rede estadual de ensino do Rio de Janeiro, votou pela continuidade da greve iniciada no dia 8 de agosto. Mais de 500 profissionais da educação estiveram presentes na assembleia realizada no Clube Municipal. A próxima assembleia foi marcada para o dia 24 de outubro (quinta-feira), às 14, em local a confirmar.

A categoria reivindica reajuste de 20%, melhores condições de trabalho, 30 horas semanais para funcionários, democracia nas escolas – eleição para diretor de escola, fim do plano de metas e do projeto Certificação e a derrubada do veto do governador Sérgio Cabral ao artigo do Projeto de Lei 2.200, que garante uma matrícula de professor em apenas uma escola.

O SISMMAR compreende os esforços da categoria e reforça que esta luta é legítima e manifesta o seu apoio a estes profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*