SISMMAR cobra isonomia no critério de pagamento das GAEs e gratificações

Os dirigentes do SISMMAR estão reivindicando a isonomia para a concessão das GAEs e gratificações, levando em consideração que para os coletores, auxiliares de serviços gerais e coveiros, o recebimento do benefício está atrelado a assiduidade, ou seja, o servidor (a) que tiver 2 faltas injustificadas perde o direito ao benefício. Ora, porque apenas estas categorias estão sujeitas a essa penalidade? Para o sindicato todos (as) os (as) servidores (as) devem ser tratados com igualdade e imparcialidade, independente de sua função ou status, nos órgãos de atuação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*