Viaturas amenizam, mas não resolvem o problema no Samu

Depois de tanta demora e insistência, as ambulâncias cedidas pelo Ministério da Saúde e que estavam paradas no pátio da Setrans, desde dezembro, já começaram a rodar nesta quinta-feira, 13. As viaturas amenizam o problema em Maringá, mas é fato que ainda há  muito para se investir no Samu.

Parabenizamos aos servidores (a) que não se calaram e fizeram valer a sua reivindicação e sempre procuraram o sindicato para juntos lutarmos pela categoria. Salientamos que a prefeitura ainda não cumpriu o seu acordo, que inclusive está protocolado em ofício, de aumentar o efetivo de ambulâncias, condição esta para que a greve do Samu no ano passado fosse encerrada.

A luta não pode parar, não podemos dar folga, ou então veremos a saúde sucateada, como vimos nesta semana, veículos improvisados para atender a 3ª maior economia do Paraná, prejudicando o trabalhador (as), a população, o cidadão de bem que paga os seus impostos, mas infelizmente, não vê o retorno. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*