SISMMAR se solidariza com a luta dos servidores de Paiçandu

Após forte mobilização dos servidores de Maringá durante a Jornada Pedagógica, na última semana, esta quarta-feira foi a vez da categoria de Paiçandu pressionar o prefeito local pelo Piso do Magistério; Direção do SISMMAR prestou apoio ao ato e convoca servidoras e servidores de Maringá para a Assembleia dos Profissionais do Magistério no dia 9 de agosto, às 18h30, na Câmara Municipal

Presidente do SISMUP, Lilian Mozer, recebeu as dirigentes do SISMMAR, Priscila Guedes e Amanda Rodrigues durante o ato – Foto: Matheus Gomes

Apesar do Piso Nacional do Magistério ser uma lei federal, criada em 2008 e com o último reajuste feito no começo deste ano, diversas cidades do Paraná e do Brasil ainda não estão cumprindo com o que determina a legislação. É este o caso de Maringá, que gerou uma série de ações na última semana como forma de pressionar a administração de Ulisses Maia (PSD) e Edson Scabora (MDB), especialmente durante a Jornada Pedagógica 2022. Na região de Maringá, outros municípios enfrentam o mesmo problema e travam lutas semelhantes para conquistar a implementação do Piso.

Na manhã de hoje (27), a categoria dos profissionais do Magistério, organizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Paiçandu (SISMUP), realizou um importante ato pelas ruas e avenidas do município também como uma maneira de exigir o pagamento imediato do piso por parte do prefeito Ismael Batista (União).

Como forma de prestar solidariedade à luta, a presidente do SISMMAR, Priscila Guedes, e a diretora Amanda Rodrigues estiveram presentes no ato desta manhã. Durante fala realizada para as centenas de pessoas presentes, dentre profissionais do magistério, pais de alunos e outros apoiadores da causa, Priscila parabenizou a mobilização e esclareceu que em Paiçandu e em Maringá as lutas buscam o mesmo objetivo: garantir o Piso do Magistério. Para alcançar esta medida, a presidente do SISMMAR afirma que a lei só será aplicada mediante muita luta e organização da classe trabalhadora.

Para dar continuidade na luta em Maringá, o SISMMAR convoca uma assembleia para os profissionais do Magistério no dia 9 de agosto (terça-feira), às 18h30, na Câmara de Vereadores. O objetivo é chamar a categoria para a mobilização para que as próprias servidoras e servidores decidam democraticamente, e com total autonomia, qual medida deve ser tomada para ampliar as cobranças pela implementação do Piso. A gestão Sindicato é pra Lutar segue em atuação de forma intransigente com relação a aplicação da lei federal que reajusta o Piso do Magistério desde o começo de 2022 como um direito da categoria.