Após ação do SISMMAR, reivindicações das ACE’s e ACS’s avançam na Prefeitura

Mediante contato de servidoras representando as duas categorias, junto à direção do SISMMAR, diversas propostas foram apresentadas à gestão municipal e avanços foram identificados; sindicato reforça importância da mobilização para que as cobranças das categorias sejam mais fortes e eficazes

Encontro entre servidoras, direção do SISMMAR e representantes da Prefeitura resultou na apresentação de demandas e identificação de avanços para as categorias – Foto: Phill Natal

Na tarde desta quinta-feira (2), em reunião chamada pelo SISMMAR, diversos temas de interesse das Agentes Comunitárias de Saúde (ACS) e Agentes de Combate à Endemias (ACE) foram discutidos entre a gestão Sindicato é pra Lutar, representantes da Prefeitura e das servidoras. Assim como em outras diversas situações, o encontro se deu após contato prévio entre trabalhadoras da área e a direção sindical, que acionou a gestão Ulisses Maia (PSD) a fim de fazer valer os interesses da categoria representada. 

Reunião

Além da presença dos diretores do SISMMAR, Gehélison Gomes e Franciely Medeiros, estiveram presentes representando as ACE’s, Valdice Pompanin, e representando as ACS’s, Claudiane Theodoro, e dos representantes da Secretaria de Saúde, Eduardo Ribeiro, Fabíola Cristine Arpini e Suelen Teixeira Faria. Assim como havia sido acordado em encontro inicial, na quarta-feira (1º), a reunião de ontem, no Paço Municipal, teve como objetivo a apresentação de diversas demandas das duas categorias como forma de promover importantes avanços nas condições de trabalho.

Cobranças e Avanços

A partir das próprias servidoras presentes, as pautas consideradas como as mais fundamentais e urgentes foram discutidas entre as partes para verificar as possibilidades de implementação no curto, médio e longo prazo. Com mediação do SISMMAR, reivindicações como a distribuição dos kits para as ACS’s e ACE’s, cursos de formação, incentivo financeiro, treinamentos específicos e modificações nas jornadas de trabalho foram cobrados junto aos representantes da gestão municipal.

Ao mesmo tempo, como um ponto central da reunião, foi debatido sobre a Lei Ruth Brilhante, que reconhece a importância das ACE’s e ACS’s na atenção básica. Para as servidoras e o sindicato, será fundamental que a Prefeitura de Maringá edite uma lei em âmbito municipal como forma de garantir a aplicação da legislação federal de acordo com as especificidades da realidade maringaense. Também fruto de longa discussão, a direção sindical cobrou o início dos trabalhos das categorias de forma informatizada, com os aproximadamente 700 tablets já adquiridos.

Em resposta às cobranças das servidoras e do SISMMAR, os representantes da Secretaria de Saúde confirmaram que será elaborado um edital de contratação de uma empresa que realizará a gestão do serviço informatizado. Também como avanços identificados, houve a garantia de que cursos e treinamentos serão viabilizados para as duas categorias. As demais pautas foram recebidas pelos gestores que vão estudar as melhores formas de aplicação. Por fim, afirmaram que a movimentação política feita entre a gestão Sindicato é pra Lutar e as representantes das ACS’s e ACE’s é positiva e importante para que melhorias efetivas ocorram para as trabalhadoras

Mobilização 

Diante dos avanços concretos já identificados, o SISMMAR, enquanto entidade que representa as categorias, reforça a necessidade de todas e todos estarem organizados e em atuação direta com o sindicato. A partir da atuação coletiva e unificada, as reivindicações ganham força para avançar na Prefeitura e resultar em melhores condições de trabalho e na valorização das servidoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*