SISMMAR repudia agressão contra guarda municipal e cobra providências

O SISMMAR lamenta profundamente a agressão contra um guarda municipal, na última sexta-feira (21), e repudia qualquer tipo de violência. Além disso, levantanta novamente a velha questão: qual o real papel da Guarda Municipal?

Fazer a apreensão de CDs e DVDs piratas não é função de um guarda municipal, que tem por papel apenas acompanhar os fiscais da Secretaria da Fazenda. Os guardas têm de garantir a segurança do patrimônio público (espaço público). Ações de repressão, como aprender e retirar o material ilegal do comércio, cabem à Polícia Militar.

Nossos guardas não estão qualificados para esse tipo de trabalho. Falta, para começo de conversa, preparo emocional e constante treinamento – o que não vem ocorrendo no atual governo. A diretoria do SISMMAR vem cobrando incansavelmente da administração municipal a regulamentação das atribuições da Guarda.

Referente à Guarda e ao ocorrido, a diretoria do sindicato destaca que:

– A atitude inadequada de alguns guardas que se submetem às ordens da chefia coloca em risco a vida de outros que não participam desse tipo de operação, inclusive os guardas patrimoniais;

– O sindicato encaminhou ofício há mais de um mês para o prefeito cobrando reunião para tratar das pautas referentes à Guarda Municipal (condições de trabalho e formação especifica).

O SISMMAR realizará Plenária com os Guardas no próximo dia 27, às 19 horas, na sede do sindicato, para tratar dessa e de outras pautas com a categoria. Vamos continuar cobrando a reunião com o prefeito e providências da administração com relação ao ocorrido nos últimos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*