E a qualidade do ensino, onde fica?

.

Ivana Veraldo*

Em 2010, a Conferência Nacional de Educação, que serviu de preparatória para o Plano Nacional de Educação (PNE), determinou que o número máximo de alunos por turmas deve ser de 15 na pré-escola, 20 no ensino fundamental, 25 no ensino médio e 30 no ensino superior.

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) publicou em Diário Oficial no último dia 28/10 resolução determinando que, a partir de 2012, o número de estudantes por turmas nas escolas da rede pública estadual do Paraná será menor: nas 5ª e 6ª séries do ensino fundamental as turmas passarão de 40 alunos para no máximo 30; nas 7ª e 8ª séries as turmas poderão ser compostas de no máximo 35 alunos. Para essas séries a Conae decidirá por 20 alunos, no máximo, por turma.

A deliberação da SEED contraria a determinação dos educadores nacionais que lutam pela qualidade da educação. Será que a SEED está preocupada com os custos? E a qualidade?

* doutora em Educação, Ivana é professora da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*