Indignadas com ausência do prefeito, auxiliares de creche definem paralisação

As auxiliares dos centros de educação infantil (CMEIs) do município decidiram, em plenária realizada ontem (20), pela paralisação de suas atividades por pelos menos um dia. A data escolhida foi 27 de março. A decisão foi tomada depois de o prefeito Silvio Barros (PP) ignorar os pedidos da categoria, que sente-se desvalorizada pelo atual governo.

Na plenária, realizada na Biblioteca Municipal, às 19 horas, as auxiliares de creche ficaram indignadas com a ausência do prefeito – que não se preocupou em enviar representante nem qualquer comunicado às trabalhadoras. Vale destacar que o convite feito a Silvio foi formalizado por meio de ofício protocolado pelo SISMMAR.

Na agenda do líder do Executivo, pelo visto, há tempo para tudo: jantares, inauguração de obras, reuniões com secretários, aberturas de conferências, eventos políticos, entrevistas à imprensa… menos para as trabalhadoras que cuidam e educam os filhos(as) dos maringaenses.

As auxiliares de creche esperavam que o prefeito (ou representante nomeado por ele) comparecesse à plenária para esclarecer os motivos pelos quais não ainda não encaminhou para votação na Câmara Municipal o projeto de lei que incluiria as auxiliares de creche no PCCR do Magistério.

A reunião com o prefeito foi deliberada na plenária anterior. A categoria queria saber do próprio prefeito o que o impede de conceder esse reconchecimento, reivindicado pelas auxiliares há mais de 5 anos. O SISMMAR aproveitaria a ocasião para saber do prefeito no que o sindicato poderia colaborar para que a inclusão delas no PCCR do Magistério saia do papel.

A plenária com o prefeito era vista como a última tentativa das auxiliares para sensibilizar o atual governo. A indignação pela ausência de Silvio foi tamanha que a paralisação por mais de um dia não está descartada. Nos próximos dias, o SISMMAR estará definindo com a categoria quais serão as ações para o dia 27.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*