SISMMAR busca solução para situação precária de pacientes vindos de fora

Diante da realidade da falta de casas de apoio para que pacientes e acompanhantes, que vêm de fora, o Conselho Municipal de Saúde (CMS) vai cobrar da Secretaria de Saúde o documento da liberação da Vigilância Sanitária para o Hospital do Câncer (HC).

Nas reuniões do CMS, o HC de Maringá tem sido um dos hospitais mais criticados. Pacientes estariam aguardando atendimento em situação precária. O assunto será levado também para a reunião da Amusep, na manhã desta sexta-feira (23).

A dirigente do SISMMAR e conselheira do CMS, Solange Marega, estará na reunião da Amusep com o objetivo de encontrar solução para os pacientes (vindos e outros municípios) que ficam na rua durante todo o dia esperando ou pelo atendimento ou pela ambulância para retorno ao lar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*