Dia Internacional Contra a Homofobia

Em 17 de maio de 1990, a Assembleia Mundial da Saúde decidiu retirar a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa importante data, marco de um grande avanço nas relações humanas, foi escolhida como Dia Internacional Contra a Homofobia e Transfobia.

Passadas duas décadas, a homofobia, infelizmente, ainda persiste em nossa sociedade. Estudos publicados nos últimos cinco anos vêm demonstrando e confirmando cada vez mais o quão a homo-lesbo-transfobia (medo ou ódio irracional às pessoas LGBT) permeia a sociedade brasileira e também está presente nas escolas.

A pesquisa intitulada “Juventudes e Sexualidade”, realizada pela Unesco em 2000 e publicada em 2004, foi aplicada em 241 escolas públicas e privadas em 14 capitais brasileiras. Segundo resultados da pesquisa, 39,6% dos estudantes masculinos não gostariam de ter um colega de classe homossexual, 35,2% dos pais não gostariam que seus filhos tivessem um colega de classe homossexual e 60% dos professores afirmaram não ter conhecimento o suficiente para lidar com a questão da homossexualidade na sala de aula.

Para tratar do assunto, duas audiências públicas serão realizadas em comemoração ao Dia Internacional Contra a Homofobia. A primeira delas acontece nesta segunda-feira (7) na Assembleia Legislativa do Paraná. A segunda ocorre na Câmara Municipal de Curitiba, no próximo dia 11. Veja mais informações nos documentos a seguir.

Assembleia

Câmara de Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*