Itaú retém salário dos servidores

Uma prática ilegal! O SISMMAR recebeu a informação de que o banco Itaú estaria retendo o salário da conta dos servidores(as) que possuem financiamentos/empréstimos. Essa retenção passaria do limite permitido de 30%.

O SISMMAR faz a defesa da livre escolha da instituição bancária, mas a administração Barros segue privilegiando um banco privado, que tem como único objetivo a obtenção de lucros – inclusive em detrimento das leis que garantem direitos aos trabalhadores(as).

As contas salário (que têm como único objetivo o crédito do rendimento mensal do trabalhador) não pode sofrer descontos. Sendo assim, o banco está agindo de forma irregular.

Portanto, o SISMMAR orienta que todos os filiados(as) que tiveram seus salários bloqueados, em virtude de empréstimos, a procurar o sindicato trazendo o holerite e o extrato bancário. O corpo jurídico do SISMMAR dará os devidos encaminhamentos em defesa dos servidores(as).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*