Uma piada com o dinheiro do contribuinte

O SISMMAR faz questão registrar sua indignação quanto ao descaso com o dinheiro do contribuinte. Um ano depois do sumiço de equipamentos do almoxarifado da prefeitura, ninguém foi punido. O prejuízo ao erário, bem colocado em postagem feita no blog do Rigon (veja abaixo), seria na ordem de R$ 1 milhão.

Este mês vai fazer um ano que um megafurto ocorreu no Almoxarifado do Setor de Patrimônio da Prefeitura de Maringá. Levaram um caminhão de produtos: 20 monitores HP, 20 microcomputadores HP completos, um escaner HP, dez aparelhos de telefone sem fio, três batedeiras, um liquidificador de 6 litros, um extrator de suco, duas caixas amplificadas, sete lavadoras de alta pressão, uma condensadora split 12 mil BTUs, uma evaporadora split 12 mil BTUs, um aparelho de DVD Vicini, uma evaporadora Philco embalada, oito aparelhos DVD Britânia e mais um escaner Sconjet embalado.

Até hoje, nada.

Há algumas semanas furtaram a tubulação de cobre do ar-condicionado do Ginásio Chico Neto, e os ladrões estão cada vez mais se aproveitando do descaso do poder público: dias atrás foi registrado um dos maiores furtos ocorridos na administração pública de Maringá em todos os tempos. Do aterro controlado sumiram, entre outros equipamentos, nove motores, um transformador e o alumínio de um trailer.

A própria prefeitura não divulgou o ocorrido e demorou para registrar o crime, que, dizem, causou um prejuízo de cerca de R$ 1 milhão ao erário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*