SISMMAR reverte decreto que prejudicaria profissionais do Magistério

Na base do diálogo, o SISMMAR conseguiu reverter o decreto do Executivo que prejudicaria os profissionais do Magistério. Veja mais aqui.

Esse importante passo para que os servidores(as) não tivessem retrocesso em direitos já adquiridos aconteceu em reunião, realizada na manhã desta quarta-feira (13), com o secretário de Administração, a secretária de Educação e com o procurador-geral do município.

O sindicato deixou claro que não concordava com os critérios adotados para a avaliação de progressão e, na reunião, houve avanços. A administração se comprometeu a revisar o decreto e a apresentar o novo texto para avaliação do SISMMAR.

Entre as conquistas…

O servidor só perderá o direito à progressão se tiver mais de três faltas sem justificativa. Pelo decreto anterior, publicado sem conhecimento do sindicato, uma única falta já punia o profissional do Magistério.

Outro ganho. Os profissionais da área poderão atingir até dois níveis na progressão sem ter feito cursos ou participado de conselhos municipais. Antes, o limite nessas condições era de um nível de avanço.

Na reunião, o SISMMAR foi bem recebido pela administração. Prevaleceu o diálogo e o bom senso para se chegar a um resultado que garantisse avanço real aos servidores do Magistério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*