CUT diz ‘não’ a aumento da idade mínima para aposentadoria

Na última reunião da atual Direção Executiva da CUT, realizada em 4 de julho, em São Paulo, o presidente da Central, Artur Henrique, conclamou os dirigentes CUTistas de todo o país a se prepararem para uma batalha em defesa dos direitos na aposentadoria.

Segundo Artur, a luta mais urgente é contra o aumento da idade mínima para aposentadoria em troca do fim do Fator Previdenciário, como quer o governo Federal. “Nós não vamos permitir a implementação de uma idade mínima maior no Brasil. Nossa pauta não tem recuo e, sim, avanços”.

O argumento do presidente da CUT leva em consideração a situação de milhares de brasileiros que não têm condições de estudar e só entrar no mercado de trabalho mais tarde, com mais idade, como ocorre nos países mais desenvolvidos. Portanto, esses trabalhadores pagarão mais para receber por menos tempo.

Continue lendo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*