A UEM vai parar

Nota do Sinteemar

Devido ao descaso e descumprimento do compromisso assumido pelo governo estadual com relação à reestruturação do Plano de Carreira, Cargos e Salários dos servidores públicos da Universidade Estadual de Maringá (UEM), o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar) tem lutado em prol da categoria (docentes e técnicos) para que suas reivindicações sejam atendidas.

Por isso, temos nos mobilizado e realizado atos para que o governo se sensibilize e atenda as reivindicações da categoria, lembrando que um indicativo de greve foi aprovado em assembleia, para primeiro de agosto, ou seja, para o segundo semestre letivo.

Sendo assim, pedimos o apoio, colaboração e compreensão da comunidade interna e externa para que essa luta seja de todos, pois a UEM é um patrimônio do Paraná e é de extrema importância cuidar e manter o capital humano, que são os servidores das instituições públicas de ensino superior do Estado.

Você Sabia?

Que na última década a UEM possuía 37 cursos de graduação e 10.036 alunos e que, atualmente, a instituição tem 66 cursos e 22.623 alunos matriculados. O crescimento da oferta de cursos foi de 78%, com um aumento de aproximadamente 125% no número de alunos. A instituição possui ainda cursos na modalidade a distância e de para formação de professores (PARFOR). Na pós-graduação, haviam 46 cursos que somavam 1.066 alunos. Hoje são 126 com 5.848 alunos, um aumento de 173% dos cursos de pós-graduação e de aproximadamente 448% do número de alunos. E um detalhe: você sabia que nesse mesmo período não foram contratados professores e técnicos suficientes para suprir essa nova demanda? E que também não foram realizados investimentos em instalações físicas adequadas (blocos didáticos, administrativos, laboratórios entre outros)?

Por isso reforçamos que nossa luta é permanente e em defesa de uma universidade pública gratuita, democrática, de qualidade e, acima de tudo, autônoma. A união faz a força. Juntos somos mais fortes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*