CUT entrará com ADIN contra o Decreto nº 7.777

A greve dos servidores públicos federais por reajuste salarial e pelo Plano de Cargos e Salários está cada dia mais forte e vai continuar ganhando mais adesões, até que o governo apresente uma contraproposta que possa ser analisada pela categoria.

Além de fortalecer a greve, até o fim desta semana, junto com todas as entidades que representam os servidores públicos federais, a CUT vai entrar na Justiça com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) contra o Decreto Governamental nº 7.777, que prevê a substituição dos servidores públicos federais em greve por servidores estaduais e municipais.

Continue lendo no site da Confetam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*