Mais uma vitória do jurídico do SISMMAR

A teimosia do procurador-geral do município, Luiz Carlos Manzato, de que só servidores que disputam as eleições em Maringá têm direito à licença remunerada (e quem disputa em municípios vizinhos não tem), rendeu uma nova derrota para a administração Barros. Também nesses casos, a defesa dos servidores(as) vem sendo feita pelo competente corpo jurídico do SISMMAR.

Veja AQUI vitória anterior do SISMMAR em caso semelhante.

Desta vez o servidor que procurou o sindicato e teve seus direitos políticos assegurados foi Antonio Batista De Paula, que concorre ao cargo de vereador em Mandaguaçu. Duas liminares, concedidas anteriormente, já tinham garantido a servidores candidatos a remuneração integral.

E desta vez não foi diferente. A contragosto da administração, que ousou contestar o que prevê a legislação eleitoral e também o estatuto do servidor, decisão do juiz Belchior Soares da Silva garante a De Paula o salário ao final do mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*