Portaria impede que servidor que trabalhou nas eleições escolha dia de folga

Mais uma ação da administração Barros que vai dar o que falar. A prefeitura publicou nesta quinta-feira (11) a portaria 44/2012, que trata da folga de dois dias para os servidores(as) que trabalharam nas eleições (a serviço da Justiça Eleitoral).

O problema é que, pela primeira vez, a atual administração decidiu determinar a data da folga dos servidores. Antes, sempre era facultado ao trabalhador escolher a data em que tiraria a folga. Desta vez não. A escala de folgas será feita pela secretaria em que o servidor está lotado.

O sindicato já contatou a administração, por meio de ofício, para que a portaria seja revista, possibilitando aos servidores o mesmo direito – outrora concedido – de determinar quando pretende compensar os dias trabalhados na eleição.

O SISMMAR espera que, pelo bom senso, o pedido seja aceito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*