Em campanha Pupin garantiu, mas orçamento 2013 não prevê revisão do PCCR

Avaliando o orçamento 2013, o SISMMAR constatou que não está prevista a revisão do Plano de Carreira, Cargos e Remuneração (PCCR) geral dos servidores municipais para o ano que vem. A ausência do tão aguardado PCCR no orçamento de 2013 contraria a promessa feita em campanha pelo prefeito eleito Roberto Pupin (PP), que garantia que o orçamento do primeiro ano de seu mandato teria recursos para esse fim.

Esta terça-feira (20) é o último dia do ano Legislativo para a apresentação de propostas de emendas no orçamento à Comissão de Finanças e Orçamento (CFO) da Câmara Municipal. Sendo assim, o SISMMAR protocola hoje um ofício no qual solicita aos vereadores da CFO uma emenda contemplando a revisão do PCCR já no ano que vem.

No ofício, o sindicato relembra os vereadores de que o prefeito Silvio Barros prometeu, por várias vezes (e não cumpriu), implantar o PCCR até o final de 2011. Também lembrou o compromisso assumido pelos vereadores em cobrar do Executivo o envio do projeto de lei revisando o PCCR.

No documento, o SISMMAR sugere cortes (em recursos próprios) na previsão orçamentária para 2013 – inclusive com redução dos gastos da prefeitura com publicidade – para que seja possível contemplar o PCCR. Essa medida beneficiaria os cerca de 8,5 mil servidores e suas famílias. Sem o PCCR, os trabalhadores do município não têm condições de avançar na carreira.

Na sessão ordinária de hoje à tarde, dirigentes do SISMMAR estarão presentes no plenário para conversar com os vereadores sobre a importância de contemplar a categoria, tão desmerecida pela atual administração, no orçamento do ano que vem.

A diretoria do SISMMAR também protocola, hoje, ofício fazendo a mesma solicitação ao prefeito. Coincidentemente, o prefeito em exercício é Pupin. Assim, se ele quiser poderá atender o pedido da categoria. Isso lhe permitiria cumprir com a promessa feita em campanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*