Presidente do CMS abandona reunião após questionamento mais ríspido

A reunião mensal do Conselho Municipal de Saúde (CMS), realizada ontem (20), esteve longe de ser produtiva. Isso por conta da presidente do conselho, que abandonou a sessão depois de ser cobrada quanto à construção de um posto de saúde.

Depois de discutidas algumas pautas, um dos conselheiros questionou de maneira incisiva a presidente do CMS, responsabilizando o conselho pela não construção de uma unidade básica de saúde (UBS) na Vila 7. De imediato, a presidente abandonou o recinto, sendo acompanhada por representantes dos gestores.

No entendimento do SISMMAR, a presidente não poderia ter interrompido a reunião sem antes consultar o pleno. O ato foi considerado desrespeitoso e inapropriado por vários dos conselheiros presentes.

Ao abortar a reunião, fugindo do questionamento feito a ela, a presidente prestou um desserviço à sociedade, já que outras importantes pautas ainda seriam discutidas. O SISMMAR, por exemplo, apresentaria denúncias referentes à construção do novo prédio da UPA Zona Norte. O sindicato dos servidores municipais também abordaria na reunião a revisão do PCCR, que não foi contemplada na previsão orçamentária da prefeitura para 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*