SISMMAR discute remoção e outras demandas da Educação em reunião com Seduc

As dirigentes do SISMMAR, Iraídes Baptistoni e Cibele Campos, estiveram na quarta-feira (12), à tarde, na Seduc. Na reunião com a secretária Edith Dias foram discutidas três demandas dos servidores(as) da Educação. Vamos às demandas, por tópicos:

1 – Remoção:
a) Professores da 5ª à 8ª série. No inciso IX da Portaria Nº 230/2012 constava a palavra “deverão”. O sindicato negociou a substituição da mesma por “poderão”. Os professores que já pediram remoção, e estão desempenhando atividades nas escolas, já não querendo mais fazer remoção; terão o pedido revogado. A Seduc entrará em contato com esses professores(as);

b)
Auxiliares de serviços gerais, auxiliares administrativos, auxiliares de creche, educadores infantis, supervisores e orientadores| – No inciso VII constava que indicariam três locais de preferência. O SISMMAR negociou com a secretária que o processo de remoção também seja presencial, garantindo o processo transparente e democrático. Diante da reivindicação do sindicato, a Seduc informou que fará novas orientações na reunião que será realizada com as diretoras em 17 de dezembro próximo, com novas datas para a remoção presencial;

2 – Professores (as) de 40 horas / Atestado Médico:
As dirigentes sindicais apresentaram a demanda de que os professores de 40 horas, ao irem ao médico, estão retornando com atestado de 4 horas – não homologado pela Medicina ocupacional. Nas escolas, algumas diretoras não estão aceitando o atestado e os professores(as) estão tendo de repor essas horas.
Edith Dias concordou que se esse procedimento não está correto, pois o atestado deverá ser entregue à diretora apenas para controle interno. Portanto, o assunto será retomado com todas as diretoras na reunião do próximo dia 17;

3 – Recesso de final de ano para auxiliares de serviços gerais, auxiliares administrativos e auxiliares de creche:
O SISMMAR negociou com a secretária que o recesso será estendido para todos os profissionais que atuam nas escolas municipais e CMEIs. Apenas uma pessoa ficará com a responsabilidade da unidade de ensino para responder por qualquer eventualidade: nesse caso, a própria diretora.

Diante dos encaminhamentos, o sindicato agradece o atendimento da secretária às reivindicações dos servidores(as). Acreditamos e defendemos o exercício constante do diálogo, pois temos um único objetivo, que é o de atender a população com qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*