2013 começa mal, com inchaço de CCs na prefeitura

Do ponto de vista do uso adequado do dinheiro público, o ano começou mal na Prefeitura de Maringá, com inchaço de cargos comissionados. O blog do SISMMAR já mostrou aqui que o ex-prefeito Silvio Barros e seu vice Pupin, no final do ano passado, praticamente dobraram o número de CCs para este ano.

Conforme estudo do vereador Humberto Henrique (PT), se todos esses CCs do “cabidão de empregos” forem ocupados (normalmente o são por aliados políticos e cabos eleitorais, sem concurso), a prefeitura terá ao final de 2013 um gasto adicional de, aproximadamente, R$ 15,5 milhões – dinheiro do contribuinte.

Esse dinheiro seria mais do que suficiente para Silvio Barros e Pupin cumprirem uma promessa feita (e não cumprida) ao longo de oito anos de mandato: o tão aguardado PCCR. Vale lembrar que Pupin prometeu o PCCR para 2013. Diante de tamanho gasto com aliados políticos, será que terá dinheiro para fazer o investimento necessário na carreira dos servidores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*