Progressão do Magistério: vitória na Justiça mostra que sindicato estava certo

O SISMMAR entrou na Justiça para que os profissionais do Magistério tivessem direito à progressão no período de 2008 a 2010. Isso porque o benefício, à época, foi negado pela administração Barros.

Como nas negociações o diálogo não foi suficiente, restou ao sindicato buscar na Justiça o pagamento para todos os profissionais enquadrados no plano em 2010. A vitória, enfim, veio em primeira instância. Todos terão direito a serem avaliados para progressão. O SISMMAR espera que o prefeito Pupin negocie esse direito, dando fim ao processo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*