Falta de sensibilidade da administração causa indignação de coletores no velório de servidor

Tristes pela perda do colega e amigo Moisés Aparecido de Oliveira, servidores da coleta compareceram em peso ao velório e não arredaram pé de lá até a hora do sepultamento, no Cemitério Municipal de Paiçandu – cidade onde o servidor morava. A tristeza podia ser notada nas sinceras lágrimas de vários servidores.

Cerca de 30 minutos antes do sepultamento, a tristeza virou também indignação. De acordo com reclamações recebidas pelo SISMMAR, alguns servidores teriam sido pressionados pela chefia a voltar ao trabalho o quanto antes. A falta de sensibilidade das chefias causou indignação entre os coletores.

Colegas mais próximos do servidor Moisés
ajudaram a carregar o caixão

Em vista desse lamentável episódio, a vice-presidente do SISMMAR, Solange Marega, que estava no velório, tentou negociar a dispensa dos servidores do setor nesse dia de grande tristeza. Contudo, Solange foi recebida com duras palavras pelo secretário da Semusp, Vagner Mussio. O sindicato vai batalhar para que esse dia não seja descontado dos coletores, caso eles não se encontrem em condições emocionais de retornar ao trabalho.

O sindicato entende que a falta da coleta nesse dia de luto será compreendida pela população. Há um motivo justo, diferentemente de atrasos na coleta ocorridos anteriormente.

Nos acúmulos de lixo de pouco tempo atrás, o problema era a falta de caminhões para a coleta. Tamanha má gestão gerou, à época, especulações de que a Administração Barros queria terceirizar o serviço.

Coletores permaneceram até o fim do velório e
sepultamento; Pupin e Mussio não compareceram

Ausência
O SISMMAR lamenta a ausência de Mussio e do prefeito Pupin no velório e no sepultamento. Seria um sinal de respeito à categoria e de conforto à família do servidor. Em muitas grandes empresas, proprietários/presidentes costumam comparecer ao velório quando uma fatalidade tira a vida de um de seus empregados. Na administração municipal, esse bom modo não foi visto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*