Servidores recusam a proposta da Administração

Hoje, às 8h30, foi realizada uma assembleia sobre a Campanha Salarial 2013, na Câmara Municipal de Maringá.  Abrindo a assembleia, a presidente do SISMMAR, Iraídes Baptistoni, falou sobre a importância de uma união entre as categorias, já que apesar das particularidades, todos lutam por um bem comum e isso fortaleceria as reivindicações.

Para exemplificar a importância dessa força conjunta, foi dada a palavra ao representante dos trabalhadores do SAMU de Maringá, que pediu apoio dos outros servidores e, também, da população, para que a administração pública seja cobrada a valorizar esses profissionais que salvam vidas diariamente, mas que não têm salário justo e boas condições de trabalho.

Após as apresentações iniciais, Iraídes pontuou as discussões que o SISMMAR pautou em reunião com o governo local e, posteriormente, abriu a votação aos trabalhadores, para que eles decidissem o que aceitar ou não, da proposta verbalmente colocada pela prefeitura. Os servidores municipais marcaram forte presença e lotaram o ambiente, muitos, inclusive, ficando de pé, e foram bastante participativos em todos os itens abordados. Estiveram presentes, ainda, os vereadores Ulisses Maia e Carlos Emar Mariucci.

Com os assuntos discutidos e insatisfeitos com o que lhes foi ofertado, os servidores decidiram marcar uma nova assembleia para o dia 3 de abril, aumentando os prazos para que a administração municipal faça uma contra proposta, mas não abrem mão do enfoque da campanha, ou seja, 12% de reajuste, incorporação do abono e vale alimentação. Caso nada seja resolvido, uma paralisação será iminente e, também, haverá passeata pela Avenida Brasil – com faixas e panfletos, mostrando a todos a situação precária dos servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*