Servidores questionam lista com ‘excesso’ de servidores na Educação

O levantamento da Seduc, com a relação dos profissionais excedentes nas escolas e nos CMEIs de Maringá, tem indignado muitos servidores da área da Educação. O assunto rendeu inúmeros telefonemas ao SISMMAR nesta segunda-feira (22).

Os servidores(as) que entraram em contato com o sindicato questionam por que, havendo excesso de funcionários, a administração municipal não libera férias para profissionais do Magistério que estavam em licença maternidade no período de férias escolares? Também querem saber por que é tão difícil conseguir com a Seduc a liberação da licença prêmio?

As críticas não param por aí. O servidores(as) querem entender como a administração chegou à conclusão de que há excesso nas escolas e CMEIs? Segundo eles, todo mês as unidades de ensino enviam à Seduc um relatório com as condições de cada trabalhador(a) e esses relatórios apontam para a falta de servidores na Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*