Samu: Prefeitura reconhece que jurídico do SISMMAR tinha razão

A Prefeitura de Maringá reconheceu que o jurídico do SISMMAR estava correto no tocante às horas trabalhadas pelos servidores(as) do Samu nos feriados. Para o sindicato, essa jornada deve ser calculada como hora extra.

A administração só mudou de postura depois da audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) entre prefeitura, sindicato e trabalhadores. A administração terá, então, de pagar as horas extras conforme conta do ofício 115/2013 enviado ao MPT (processo 000304.2010.09.001/1).

Trata-se de mais um avanço conquistado pelo SISMMAR para os trabalhadores. Contudo, vem mais por aí. O jurídico do sindicato vai avaliar ainda a questão dos retroativos, isto é, se a administração deve ou não pagar os adicionais referentes aos feriados já trabalhados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*