Resposta da Prefeitura não agrada e mobilização dos servidores do Samu continua

O SISMMAR recebeu na terça-feira (7) da Prefeitura resposta quanto às reivindicações do Samu – que teve sua luta por melhores condições de trabalho divulgada à população em campanha organizada pelo sindicato. A resposta da administração não agradou.

De todos os itens da pauta de reivindicações, a administração se propôs a solucionar, com definição de datas (com metas pré-estabelecidas), apenas três problemas. E ficou devendo muito a esses servidores(as) que, num município que gosta de ostentar ser rico, ainda não têm condições ideais de trabalho. 

Leia o que já foi publicado sobre o
Samu e entenda a luta da categoria!

Na resposta da administração ao Ministério Público do Trabalho (MPT) e ao SISMMAR, a administração municipal não contemplou, por exemplo, pautas como o pagamento de risco de vida, insalubridade no grau máximo e reconhecimento da carga horária das teleatendentes (de acordo com normativa nacional).

O MPT e a diretoria do SISMMAR estão avaliando o relatório da Prefeitura para decidir que providências serão tomadas. A categoria vai tirar novas deliberações em assembleia a ser convocada pelo SISMMAR. A mobilização continua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*