Defesa do SUS e na luta pela extinção de subsídios públicos para planos privados de saúde

Inúmeras entidades da sociedade civil vêm a público afirmar que, após 25 anos, o Sistema Único de Saúde (SUS), conquistado na Constituição Federal, ainda não se efetivou como um sistema público de saúde, com cobertura universal e atendimento integral de qualidade. Falta muito para isso acontecer!

Por sua vez, os serviços prestados pelos planos e seguros de saúde são falhos e demonstram que esse mercado não é capaz de garantir a universalização da saúde no Brasil.

Ao cenário de subfinanciamento público da saúde e sucateamento do SUS é somada a perspectiva de extensão da assistência privada de planos de saúde, baseada na ascensão econômica de novos estratos da população e na possibilidade de o governo descumprir preceitos constitucionais ao desonerar as empresas do setor, fornecendo mais subsídios públicos ou reduzindo tributos federais.

Continue lendo no portal do Centro Brasileiro de Estudos da Saúde (Cebes).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*