Capa : : CENTRAL SINDICAL : : Dia 19 será mais um dia nacional de lutas em defesa da nossa aposentadoria

Dia 19 será mais um dia nacional de lutas em defesa da nossa aposentadoria

Da APP Sindicato

Em assembleia realizada no último dia 27 de janeiro, educadores(as) decidiram aderir à ação nacional convocada pelas centrais sindicais. Foi explicitado no encontro que havia um indicativo do governo Temer em colocar em votação já no dia 19 de fevereiro e, portanto, haveria, para este dia a possibilidade de uma greve geral. Porém o governo ainda não anunciou oficialmente a data de votação.

As centrais sindicais, reunidas ontem (8), deliberaram por um dia nacional de lutas contra a reforma da previdência no dia 19 de fevereiro. A APP-Sindicato irá aderir a estas ações e convoca a categoria a participar dos atos, protestos que acontecerão na data, juntamente com outros sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais.

“Essa luta contra a reforma da previdência é central para a classe trabalhadora. É necessário que a derrotemos, pois ela pode pôr fim a nosso direito sagrado à aposentadoria”, afirma Hermes Leão, presidente da APP-Sindicato. Ele destaca que o dia 19 tem um significado a mais no Paraná. “Será o primeiro dia do ano letivo e professores(as) e funcionários(as) das nossas escolas deverão recepcionar e dialogar com pais, mães e estudantes sobre esta pauta nacional e também sobre os ataques do governo Richa sobre nossa categoria”, afirma Leão.

Foto APP/Divulgação

 

O sindicato orienta dirigentes e a categoria que debatam nos dias 15 e 16 (quinta e sexta-feira) os materiais enviados pelo sindicato: jornal 30 de Agosto especial “Edição Pedagógica”, eleição da Comissão Sindical Escolar (representantes de escola) e também sobre a importância do fortalecimento do sindicato através da sindicalização. Esses materiais estão disponíveis nos Núcleos Sindicais e também online (confira aqui e aqui). A APP também disponibilizará um modelo de carta aos pais/mães para ser distribuído no dia 19 de fevereiro.

Outras ações também estão previstas como a recepção a deputados nos principais aeroportos, vigília nas casas dos parlamentares além de toda a pressão através das redes sociais e do site Na Pressão.

Estado de greve e Assembleia Estadual – a categoria está em Estado de Greve e assembleia permanente. São muitos os ataques do governo e será necessário nestes próximos dias um intenso debate nas escolas sobre a construção da greve geral. No dia 3 de março, todos(as) estão convocados para, coletivamente, deliberarmos em assembleia sobre o futuro da nossa luta. De 24 a 31 serão realizadas as assembleias em cada Núcleo Sindical. Procure o núcleo mais próximo de você e participe, emita sua opinião.

Compartilhar Publicação

Deixe uma resposta