Capa : : NOTÍCIAS : : SISMMAR cobra providências da Sesa quanto a problemas no ponto biométrico

SISMMAR cobra providências da Sesa quanto a problemas no ponto biométrico

Em reunião na Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), na manhã desta quinta-feira (11), o SISMMAR tratou com o secretário Jair Biatto de diversas pautas do setor. Entre os principais assuntos discutidos estavam a falta de ponto eletrônicos em algumas unidades básicas de saúde (UBS) e a falta de local de repouso para agentes de combate a endemias (ACE).

Sobre o ponto biométrico, a inexistência do dispositivo em três UBS e os equipamentos danificados em outras cinco UBS levaram servidores(as) a apresentarem reclamações sobre o problema, que requer dos trabalhadores deslocamentos para outras unidades para o registro do ponto no início e término do expediente.

Segundo a secretária-geral do SISMMAR, Célia Vilela, a situação mais grave relatada pelos servidores(as) é a da UBS Requião, pois há a necessidade de descolamento maior para registro do ponto. Na reunião (foto abaixo), Biatto se comprometeu a transferir um dos equipamentos do ponto biométrico da sede da Sesa na UBS Requião.

Quanto às demais unidades sem o ponto biométrico ou com equipamentos defeituosos, Biatto disse que buscará solução para a instalação e conserto o mais breve possível. Em situações extremas, como de temporais com chuva forte, disse o secretário, até que o problema seja resolvido, a justificativa dos servidores(as) quanto ao não registro do ponto serão aceitas. O secretário acrescentou que só será cobrado o registro do ponto na entrada e na saída do serviço.

 

Local para os ACE
Quando ao outro assunto central da reunião, Biatto se comprometeu a buscar locais apropriados para descanso – como no horário de almoço ou de chuva forte) para os ACEs. Essa é uma reclamação recorrente da categoria ao sindicato. Segundo Célia, o secretário disse que vai conversar com diretores(as) de UBS para que acolham em suas unidades os ACEs.

Compartilhar Publicação

Deixe uma resposta