Capa : : DESTAQUE : : SISMMAR encerra o ano com 5.264 filiações, alta de 32% em dois anos

SISMMAR encerra o ano com 5.264 filiações, alta de 32% em dois anos

O SISMMAR chega ao fim do ano com 5.264 servidores(as) filiados, sendo 4.324 ativos da Prefeitura de Maringá, 12 da Câmara Municipal e 928 aposentados(as). Considerando os dados de dezembro, computados até o dia 15, foram efetuadas 976 novas filiações apenas este ano, fato que reflete o reconhecimento da categoria ao trabalho feito pela Gestão Novos Rumos do sindicato.

Nos últimos dois anos, o SISMMAR ganhou 1.267 novos filiados (já descontadas as desfiliações), o que representa um aumento de 32% entre dezembro deste ano e 1º de janeiro de 2016. Considerando apenas o período da Gestão Novos Rumos, que tomou posse em 29 de fevereiro de 2016, o aumento foi de 30%.

Clique no infográfico para ampliar!

Representante legítimo dos mais de 13 mil servidores(as) municipais de Maringá, o SISMMAR entende que o constante diálogo com os trabalhadores de todos os setores é fundamental para buscar melhorias nas condições de trabalho e nos salários e para defender os direitos já conquistados. E nessa luta, a alta nas filiações revela que os trabalhadores(as) entendem a importância da entidade sindical para os avanços da categoria.

Apenas com um sindicato forte e combativo – o que depende de um percentual alto de filiações – é possível impedir ações injustas de governos pouco preocupados com os trabalhadores, como foi o caso da Greve de 2016, quando os servidores(as) cruzaram os braços e foram às ruas lutar pela reposição da inflação de 11,08%. Prefeito à época, Pupin queria dar “aumento” de apenas 4% (7,08% abaixo da inflação).

A união da categoria em torno de um sindicato forte também foi notada nas paralisações deste ano contra a perda de direitos promovida pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB). Os servidores municipais se uniram a várias outras classes para dizer não às reformas trabalhista e previdenciária.

A atuação firme do SISMMAR na defesa dos interesses dos servidores também viabilizou, com base no diálogo com a administração do prefeito Ulisses Maia (PDT), conquistas históricas ao longo deste ano, como o vale-alimentação, a eleição de diretores(as) de escolas e CMEIs, a lei contra o assédio moral e o acordo para o pagamento da Trimestralidade (veja mais no Jornal do SISMMAR).

Tudo isso não seria possível sem uma entidade sindical forte, o que depende do apoio dos servidores(as) expressado em cada uma das mais de 5.200 filiações.

Compartilhar Publicação

Deixe uma resposta