Capa : : ASSEMBLEIAS / EVENTOS : : Assembleia delibera por estado de greve e ações na Educação

Assembleia delibera por estado de greve e ações na Educação

Conforme convocação, o SISMMAR realizou na sexta-feira (1º) assembleia para deliberar sobre a adesão dos servidores(as) municipais à Greve Nacional em Defesa da Previdência, que ainda terá data definida (ou não) pelas centrais sindicais. A assembleia teve ainda uma segunda pauta, com deliberações da educação.

As dirigentes do SISMMAR Zica, Iraídes e Célia, e o advogado Silvio Januário na assembleia (01/12/2017)

 

Pauta 1
Como as centrais sindicais suspenderam temporariamente a greve, em virtude do governo Temer ter recuado de mais essa maldade contra a classe trabalhadora (leia mais no site da CUT), a categoria deliberou por manter o ESTADO DE GREVE, assim, continuaremos mobilizados com panfletagens na base sobre os problemas que teremos se a Reforma da Previdência  – se ela for aprovada.

A classe trabalhadora – e isso inclui os servidores – irá aos aeroportos aguardar pelos deputados e também na casa de cada um deles para apelar pelo voto contra a Reforma da Previdência e a favor dos direitos dos trabalhadores(as). Os parlamentares precisam sabe que ou mudam de ideia ou perderão votos de quem trabalha.

Assembleia também tratou de temas relacionados à Educação

 

Pauta 2
Ficou deliberado por assembleia da Educação na Câmara Municipal, no próximo sábado, para tratar dos problemas vividos pelos educadores. A proposta inicial é que a assembleia seja seguida de um ato público, com panfletagem pedindo respeito aos(às) profissionais da educação. Haverá ainda reunião com os pais e mães dos alunos nas próximas semanas. O objetivo é unificar os profissionais e os pais e mães.

Compartilhar Publicação

Deixe uma resposta