Capa : : NOTÍCIAS : : SISMMAR acompanha de perto questão do corte do adicional noturno integral

SISMMAR acompanha de perto questão do corte do adicional noturno integral

O SISMMAR tomou conhecimento da recomendação do Ministério Público (MP) à administração para o corte do adicional noturno integral, que vinha sendo pago há muitos anos aos trabalhadores(as). O entendimento do MP é de que o pagamento do adicional noturno deve ser feito apenas em jornadas entre as 22h e 5h da manhã – conforme o Estatuto do Servidor.

O sindicato vai acompanhar de perto essa questão para amenizar os prejuízos causados pela mudança na remuneração do servidor. Como alternativa o SISMMAR entende ser possível o pagamento do adicional noturno quando há prorrogação do horário de trabalho depois das 5h da manhã, como ocorre com os empregados regidos pela CLT.

Segundo a presidenta Iraídes Baptistoni, o SISMMAR também acompanha denúncia feita por servidoras da UPA Zona Norte sobre constrangimento causado na divulgação da lista dos trabalhadores com adicional noturno integral. A lista foi exposta em mural pela chefia do local. “Foi um caso explícito de ofensa moral aos servidores. E o sindicato vai tomar as devidas providências”, afirma Iraídes.

A presidenta explica que há inúmeras outras maneiras de comunicar o servidor sem exposição desnecessária. Uma sugestão de Iraídes seria a de afixar a decisão do MP no mural, e não a lista com os nomes, e a conseguinte coleta de assinaturas dos trabalhadores para comprovar que eles tomaram ciência da recomendação do MP.

 

Corte do adicional noturno tem repercutido na imprensa. Na foto, a presidenta Iraídes Baptistoni em entrevista à RIC/Record (04/10/2017)

 

 

Compartilhar Publicação